• Image 01
  • Image 02
  • Image 03
  • Image 04
  • Image 05
  • Image 06

Vigilância Sanitária em parceria com NASF promovem evento sobre Saúde do Trabalhador

A Vigilância Sanitária em conjunto com o NASF de Caém promoveram no dia 05 deste mês a “I Capacitação em Saúde do Trabalhador" no município. A capacitação foi gratuita e direcionada aos  profissionais da saúde (nível superior e técnico) dos PSFs, hospital, NASF, CRAS. O evento aconteceu na sala de reuniões do PSF Necy Novais na sede do município e contou com cerca de 25 participantes.

 

A coordenadora do evento, médica veterinária e responsável no município pela Vigilância Sanitária e epidemiológica, Raiane Alves, contou que o evento nasce da percepção do silenciamento do município diante dos números relativos a saúde do trabalhador, “de 2017 para cá o CEREST intensificou mais essa cobrança dos relatórios e notificações e quando fui verificar vi que tinha algumas falhas. Juntamente com ‘Leninha’ atualmente assistente social do CRAS, começamos a buscar parcerias e informações a respeito e com isso percebemos a necessidade de ação e daí nasce a iniciativa para a realização desse evento”. 

 

O objetivo é orientar os profissionais da saúde a lidarem da forma correto com os casos de acidente graves em ambiente de trabalho. Bem como e principalmente na prevenção desses acontecimentos. O curso contou com a mediação de duas profissionais do Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador- CEREST que apresentaram apresentaram as classificações e a forma correta de notificação desses acidentes mostrando quais tipos e situações se aplicam as modalidades de acidentes em ambiente de trabalho ou doenças e agravamentos que surgiram devido o ambiente laboral do ou da paciente.

 

Essas noções básicas tem como proposta reduzir possíveis riscos à saúde dos trabalhadores, e trabalhadoras por meio da adoção de procedimentos que garantam mais segurança e dignidade aos ambientes de trabalho. Alba Gracián, técnica em segurança do trabalho, chamou atenção para a atenção que deve ser destinada aos trabalhadores da limpeza pública devido a exposição direta a materiais diversos. Ressaltou sobre o uso do uso dos EPIs - Equipamentos de Proteção Individual na garantia de prevenção a acidentes e doenças em decorrência da atividade laboral.

 

O uso do EPI é fundamental para garantir a saúde e a proteção do trabalhador, evitando consequências negativas em casos de acidentes de trabalho. Além disso, o EPI também é usado para garantir que o profissional não será exposto a doenças ocupacionais, que podem comprometer a capacidade de trabalho e de vida dos profissionais durante e depois da fase ativa de trabalho.

 

Na ocasião, as equipes debateram também sobre diversas diretrizes de atuação da Atenção Básica, como ações de promoção à saúde, prevenção de agravos, vigilância, tratamento e reabilitação em saúde. A médica do trabalho Marilia Edite Santos falou da necessidade de incluir Agentes Comunitários de Saúde nesse processo, uma vez que esses profissionais são os que têm contato direto com as famílias e por tanto conseguem ter mais acesso às informações sobre as reais causas dos acidentes e suas consequências.

 

Jainara Freitas Andrade fisioterapeuta do NASF e técnica de referência de saúde do trabalhador contou que o fato de a população não saber como proceder acabavam não notificando as causas do acidente na hora do atendimento e isso resultou no silenciamento institucional com relação a questão da saúde dos e das trabalhadoras e destaca que a capacitação trará para os e as profissionais melhores condições para lidar com essas situações a partir de agora. “Essa capacitação foi importante por que a partir daí os profissionais vão nos informar e tomaremos as medidas cabíveis para retirar o município do estado silencioso e pensar medidas de sensibilização e prevenção de acidentes e incidentes”, finalizou.

 

Como atividade concreta foi realizada visita técnica realizada pelo CEREST, junto à vigilância sanitária e técnica de saúde do trabalhador municipal a fábricas locais, inspecionando as condições de trabalho dos trabalhadores presentes e formando parcerias para melhorar a qualidade de vida da classe operária.



PREFEITURA DE CAÉM JUNTOS FAREMOS  MAIS

 

ASCOM