Prefeitura de Caém - BA
Siga-nos

Município de Caém forma primeira turma de monitores que irão atuar no EJA


Publicado em: 17/08/2022

A Secretaria de Educação de Caém iniciou na manhã desta terça-feira (16), a formação de monitores voluntários que irão atuar nas turmas já formadas para o processo de alfabetização do EJA (Educação de Jovens e Adultos), no município, como parte do Projeto Educar para Transformar.

A capacitação acontece a pouco mais de uma semana da aprovação da lei que institui a Política Municipal de Educação de Jovens e Adultos no âmbito do Sistema Municipal de Ensino (SME) que tem a finalidade de ampliar a oferta da educação aos jovens e adultos que não tiveram acesso à educação na idade adequada.

O ingresso de estudantes na modalidade EJA se inicia com idade mínima de 15 (quinze) anos completos para o Ensino Fundamental e as turmas podem ser formadas em unidades escolares, associações comunitárias, sindicatos e movimentos de reforma agrária, em turno adequado para o estudante trabalhador.

O secretário municipal da Educação, Ronaldo Alves, ressalta que entre os objetivos do Programa de Alfabetização de Caém, “está o de erradicar o nnalfabetismo, proporcionar a universalização do atendimento escolar, a melhoria na qualidade do ensino, a formação para o trabalho e a melhoria da qualidade de vida e auto estima dos jovens e adultos inseridos neste contexto”.

Com relação à monitoria, o secrretário informou que os professores  receberão uma bolsa para ajuda de custo de alimentação e deslocamento de caráter indenizatório no valor de um salário mínimo.

Para o prefeito Arnaldo Oliveira (Arnaldinho), que esteve presente ao evento de posse dos monitores, o município de Caém se antecipou na criação da Política Municipal de Educação de Jovens e Adultos no âmbito do Sistema Municipal de Ensino (SME), por saber da importância da importância de garantir direitos. Segundo ele, a iniciativa é uma forma de demonstrar como o trabalho realizado pela Secretaria de Educação se reflete também na educação de jovens e adultos. “Investir em educação é investir em pessoas, é dar oportunidade a todos. A educação é o caminho. Com a elaboração do Plano vamos poder planejar e organizar a educação que queremos para o futuro de nossa população”, salientou Arnaldinho.