Prefeitura de Caém - BA
Siga-nos

Prefeitura de Caém entrega a Escola Professor Arnóbio Xavier de Oliveira totalmente reformada e ampliada


Publicado em: 28/09/2021

Em noite memorável, a Prefeitura de Caém, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Esporte, Cultura e Turismo, entregou no sábado (25), a obra de reforma e ampliação da Escola Municipal Professor Arnóbio Xavier Oliveira.

Considerado um dos momentos mais marcantes da história de Caém, a entrega do equipamento educacional se transformou em uma verdadeira aula de história do município, protagonizada por um dos seus filhos mais ilustres, o professor Arnóbio Xavier de Oliveira, o homenageado da noite. Responsável pela instalação da primeira instituição de ensino público do munícipio, fazendo parte também da primeira gestão administrativa, onde exerceu a função de Secretário de Administração, professor Arnóbio é lembrado como um dos mais influentes e capacitados profissionais da educação e homem público que a Bahia já teve.

A escola, que foi totalmente reformada e ampliada, ganhou novas calçadas, uma moderna fachada, parque infantil, jardinagem, brinquedoteca, sanitários adaptados, salas para diretoria, professores e secretaria, cantina, almoxarifados, pátio, 7 salas climatizadas com revestimentos de paredes, piso novo, pinturas e uma verdadeira obra de arte no muro externo com desenhos e grafitagens. Foram entregues também, móveis e equipamentos novos e reformados. A instituição atende 311 alunos no ciclo de alfabetização, da pré escola ao 3° ano do Ensino Fundamental I.

O prefeito Arnaldo ressaltou a importância de reforçar as estruturas das escolas e agradeceu o trabalho realizado pelos educadores que se empenham para construir a cada dia uma melhor educação para os estudantes da rede pública de Caém. O prefeito destacou ainda o legado do professor Arnóbio para sua cidade natal “A educação de qualidade transforma positivamente a vida das crianças que serão os pais, mães e profissionais no futuro, e é justamente por este pressuposto que observamos a dedicação dos nossos profissionais da educação. Estamos trabalhando para melhorar cada vez mais a qualidade do ensino e das estruturas físicas das escolas para proporcionar um ambiente cada vez melhor para todos. É uma alegria entregar essa obra para a comunidade e nos espelhar nos feitos do saudoso professor Arnóbio que com sua história de vida, até nos dias atuais, tem muito a nos ensinar”, ressaltou.

O secretário municipal de Educação, Ronaldo Oliveira, destacou que as intervenções nas unidades escolares possibilitam melhores condições de trabalho para os profissionais e de estudo para os alunos. “Esta obra que a população de Caém, principalmente a comunidade educacional, acabam de ganhar, é de grande valia para todos os alunos, com melhor atendimento, inclusive para a educação infantil. Agradecemos o esforço e a sensibilidade do prefeito Arnaldo Oliveira de transformar a educação do nosso município”, salientou o secretário, completando a importância da educação para a formação cidadã, "sei o que é educação, o que ela trouxe pra minha vida e o que ela pode trazer para a vida das pessoas".

Prestigiaram o evento, familiares do professor Arnóbio, ex-professores e ex-alunos da Escola, a representante da Secretaria de Educação do Estado, a caenense e diretora do Núcleo Territorial de Educação do Piemonte da Diamantina, Nazaré dos Santos Costa Alves, a deputada federal Lídice da Mata, o deputado estadual Ângelo Almeida, vereadores, secretários municipais e a comunidade em geral. A Filarmônica 2 de Janeiro e Paulo dos Teclados foram as atrações musicais.

ÁRNÓBIO XAVIER DE OLIVEIRA - Nasceu no então arraial de Caém, no dia 4 de setembro, de 1925, filho de José Domingos de Oliveira e Laura Xavier de Oliveira. Foi aluno do instituto Senhor do Bonfim, hoje Colégio Estadual Deocleciano Barbosa de Castro. Em 1948, já como professor, foi para a cidade de Mundo Novo lecionar e participar das aulas junto com o saudoso Padre Alfredo Haasler, no Colégio do Mosteiro de Jequitibá. Um tempo depois Arnóbio muda-se para Salvador, onde continuou os estudos e exerceu a função de professor de Geografia. No início dos anos 50 vai em busca de um novo desafio; trabalhar como diretor do jornal a Voz do Norte, da cidade de Pedra Azul, em Minas Gerais. Em 1953 retorna para Salvador, onde trabalhou no Colégio Ipiranga como professor de Geografia Geral e História Universal. Ainda no ano de 1953, Arnóbio lança seu primeiro livro, “Memórias de Minha Terra”, onde retrata, além da sua infância e sua trajetória, a história do município de Caém, antigo arraial do papagaio.

Em 1954 entra na Universidade Federal da Bahia para estudar filosofia onde conclui o ensino superior.  Nesse mesmo período casa-se com Esther Garcia de Oliveira. Já em 1962, o professor Arnóbio junto com seus irmãos Arnaldo, Arlindo e Armando deflagram uma campanha para promover a independência política do município de Caém que na época era distrito de Jacobina. No ano de 1964 funda o Ginásio Municipal de Caém que mais tarde veio a se chamar Ginásio Municipal Arnaldo de Oliveira e foi designado como delegado escolar no município de Caém.  Após trabalhar por longos anos no município de Caém e também trabalhar no Colégio Deocleciano Barbosa de Castro, em Jacobina, volta para capital baiana onde reassume sua cadeira no Instituto de Educação Isaías Alves (ICEIA). No ano de 1974, lança seu segundo trabalho literário com título do “DUDÉ, sua vida e sua luta”, biografia de seu pai.